IVAN LINS

NOVO AGENCIADO A-MA
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Twitter Ícone

Nascido em 1945, no Rio de Janeiro - Brasil, Ivan Lins tornou-se conhecido do grande público no início dos anos 1970, então despontando como um dos principais talentos de uma nova geração da música popular brasileira. Experimentou enorme e explosivo sucesso após ter sido segundo colocado no 5º Festival Internacional da Canção (1970), da Rede Globo, com a canção "O Amor é o Meu País" (Ivan Lins/Ronaldo Monteiro de Souza). No mesmo ano, Elis Regina lançava "Madalena" (Ivan Lins/ Ronaldo Monteiro de Souza), canção que marcaria toda a sua carreira.

Embora a sua produção inicial tivesse uma relação íntima com estilos da música pop rock norte americana, ao longo dos anos 70, Lins apropriou-se, cada vez com maior intensidade, de estilos nacionais e regionais brasileiros, como samba, bossa nova, baião, xote e moda de viola. Nessa fase, a sua parceria com o letrista Vítor Martins foi determinante para o aprimoramento do seu estilo, quando os dois criaram verdadeiros clássicos da música brasileira.

Foi quando Ivan Lins se firmou como uma das vozes mais ativas da canção popular, apresentando um rico repertório que falava de amor, relações humanas, sociedade e política. Durante o regime militar no Brasil, a sua música trouxe alento, crítica e esperança de liberdade e justiça social. 

Na década de 1980, começou a ter o seu talento reconhecido em âmbito internacional. Tornou-se um dos compositores brasileiros mais gravados no estrangeiro. As suas canções foram interpretadas por artistas de grande renome internacional, como Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan, George Benson, Michel Legrand, Sting, Diana Krall e o seu grande amigo Quincy Jones.

Ainda nos anos 80, fundou com Vítor Martins a editora discográfica "Velas", visando lançar artistas de grande qualidade e com dificuldade de acesso às grandes empresas fonográficas.

 

Vencedor de inúmeros prémios internacionais, em 2005 recebeu o Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum do Ano", sendo o primeiro e único cantor/compositor de língua portuguesa a conseguir tal feito até os dias atuais.

 

Lins continua a compor com intensidade, realizando espetáculos com tours pelo Brasil e em todos os continentes.

bio